Ultimate magazine theme for WordPress.

Sinais de que o seu cão pode estar gravemente doente

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Como os animais de estimação não falam, não devemos menosprezar os sinais que eles dão quando algo não vai bem.

Por isso, é da responsabilidade dos donos tomar nota de comportamentos e ações incomuns do animal entristecido ou descontrolado.

De acordo com uma reportagem divulgada pela revista Casa e Jardim, da Globo, eis dez sinais indicadores que o seu cão está doente:

1. Mau hálito

As pessoas tendem a achar normal o mau hálito canino, mas não é. O odor pode indicar doenças bucais e até um tumor oral.

2. Olhos amarelados

Se algo parece estranho no olhar do seu animal, observe atentamente a íris e a pupila. Se ele estiver com icterícia, a parte branca do olho estará amarelada.

3. Correr atrás do próprio rabo

Os cães adoram correr em círculos, mas o hábito nos animais mais velhos pode indicar muito mais do que apenas uma brincadeira. Correr atrás do rabo ou ‘abocanhar’ objetos voadores imaginários são sinais de epilepsia.

4. Lamber excessivamente as patas

Muito animais sofrem de alergias, assim como os seus donos. Um dos sinais da doença nos animais é o hábito de lamber excessivamente as patas.

5. Cabeça sempre inclinada

Sim, é uma posição muito fofa. Mas atenção: se o seu animal passa muito tempo nessa posição deve levá-lo ao veterinário. O movimento lateral pode indicar inflamação auditiva.

6. Cuidados com a visão

Para verificar se está tudo bem com a visão, basta tirar uma foto com o flash ligado. Os dois olhos devem estar brilhantes, o que significa que a retina está saudável.

7. Queda de pelo

É normal o animal soltar pelos. Se, no entanto, notar um aumento na queda, procure um veterinário. O sintoma pode indicar alergias, ácaros ou algum problema hormonal.

8. Paralisia facial

Se um dos lados da face do bicho parece um pouco caída, tem de procurar um veterinário com urgência. A paralisia facial pode indicar hipotireoidismo.

9. Nariz a escorrer

Os cães também ficam com gripe e necessitam de tratamento. Após uma constipação, pode ocorrer uma infeção por fungos o que dificulta a recuperação.

10. Sede excessiva

Note quantas vezes é preciso repor a água do seu cãozinho. A sede excessiva pode indicar cancro, diabetes, problemas nos rins ou doenças hormonais.