Ultimate magazine theme for WordPress.

Se o Governo moçambicano gerir bem as receitas do gás isso pode rapidamente resolver a situação da dívida

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

“Se o Governo gerir bem as receitas do gás, isso pode virar rapidamente a situação da dívida”, disse à Lusa, à margem dos Encontros Anuais do Banco Africano de Desenvolvimento, que terminaram na sexta-feira em Malabo.

“A questão do elevado endividamento é facilmente resolúvel dada a magnitude das reservas e o potencial que têm para gerar receitas em moeda estrangeira”, acrescentou.

Questionado sobre o facto de essas receitas só entrarem em meados da próxima década e sobre como pode Moçambique reduzir o peso da dívida até lá, Kapil Kapoor respondeu: “Não tenho razão para duvidar que conseguem resolver a situação, nós podemos ajudar a gerir os recursos, nós providenciamos conselhos técnicos para usar as receitas do gás, mas até lá continuamos o programa de apoio, demos financiamento de emergência [no seguimento dos ciclones], como outras instituições financeiras multilaterais, há o Compacto para o Desenvolvimento, e estamos a tentar que todos os recursos financeiros estejam disponíveis para Moçambique”.

A perspetiva do BAD para Moçambique é positiva, disse Kapil Kapoor, considerando que a visita recente que fez ao país, no seguimento dos ciclones, mostrou um Governo empenhado em reformar a economia.

“Estive com o Presidente e com vários ministros importantes e fiquei realmente impressionado, há um desejo genuíno do Governo para mudar a situação, há um sentimento geral de que é preciso virar a economia”, concluiu o diretor do BAD.

LUSA

Loading...
moznews.co.mz