Ultimate magazine theme for WordPress.

Polícia moçambicana descobre autores e motivações dos ataques em Cabo Delgado

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Traficantes de pedras preciosas de Montepuez, são os líderes e financiadores do grupo armado instalado em Cabo Delgado há cerca de de dois anos. O facto foi revelado pelo comandante Geral da Polícia,Bernardino Rafael.Segundo informa jornal “OPAIS”

As causas e os financiadores dos ataques armados em Cabo Delgado, foram publicamente anunciados pelo Comandante Geral da Polícia da República de Moçambique, no distrito de Montepuez, durante uma reunião de auscultação pública sobre a criminalidade na província.

Perante a população, Bernardino Rafael, denunciou os autores e descreveu o trajecto dos traficantes de pedras preciosas de Namanhumbir, que supostamente são líderes do grupo de insurgentes.

De acordo com “OPAIS” apesar dos avanços registados nas investigações da Polícia, o grupo armado, continua a ser financiado a partir de Montepuez, segundo confirmou Bernardino Rafael.

A mega operação de retirada compulsiva de cerca de 6 mil supostos garimpeiros e traficantes de pedras preciosas de Montepuez, foi realizada pela Polícia em Abril de 2017, seis meses antes do início dos ataques armados em Cabo Delgado.

Loading...
moznews.co.mz