Ultimate magazine theme for WordPress.

Paulo Vahanle enfrenta críticas na gestão de Nampula

Há um ano à frente da cidade de Nampula, Paulo Vahanle, da Renamo, vem sendo criticado pelos munícipes pelo que consideram um silêncio absoluto da sua administração sobre questões vitais.

As estradas da cidade encontrarem-se esburacadas e nos bairros os montes de lixo são considerados um atentado à saúde pública.

Diante das reclamações o presidente da autarquia, Paulo Vahanle decidiu entrar em acção e mobilizou a sua equipa de vereadores e trabalhadores para durante 90 dias taparem os buracos que dificultam a transitabilidade.

Ele também anunciou a aquisição de duas viaturas porta-contentores para auxiliar na recolha de lixo nos diferentes bairros da cidade.

Vahanle disse que as dificuldades do seu Governo devem-se à falta de transferência de dinheiro do Fundo de Investimento pelo Governo central.

“Há um bom tempo que não recebemos dinheiro do Fundo de Compensação Autárquica e do Fundo de Investimento de Iniciativa Local, que poderia ajudar-nosno caso das estradas, não sei por quê o Governo não nos envia”, lamentou.

Para Vahanle, a falta de envio dos fundo pelo Governo central visa fragilizar a cidade e a administração da Renamo.

VOA

Loading...
moznews.co.mz