Ultimate magazine theme for WordPress.

Procedimentos para aumentar o pênis “não funcionam” alerta estudo

Os procedimentos para tornar o pénis maior “não funcionam”, são “perigosos” e deixam muitos homens com cicatrizes físicas ou psicológicas, revela um estudo que refere ainda que estes atos “quase nunca deveriam ser praticados”.

Quem se submete a este tipo de atos médicos, está a ser “explorado por charlatães”, refere Gordon Muir, médico e autor principal da investigação, citado pelo jornal The Guardian.

De acordo com o estudo, há “escassa evidência” de que a gama de procedimentos a que homens são submetidos para ampliar o órgão sexual masculino produza, de facto, esse resultado. Segundo a revisão levada a cabo por especialistas britânicos, os tratamentos representam “um alto risco de complicações para o doente”, incluindo “dormência permanente”.

O estudo frisa ainda que a maioria dos homens que se submetem à extensão peniana fica insatisfeita com os resultados. “[A revisão] descobriu que os resultados gerais do tratamento são pobres, com baixas taxas de satisfação e risco significativo de complicações graves, incluindo deformidade do pénis, encurtamento e disfunção erétil”, concluem os autores.

Loading...