Ultimate magazine theme for WordPress.

Detida segunda pessoa no mesmo caso da Helena Taipo

Helena Taipo foi detida na tarde de hoje após uma audição no Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC). Antiga ministra do Trabalho de Moçambique e ex-embaixadora em Angola, investigada por desvios de fundos no Instituto Nacional de Segurança Social.

Segundo a LUSA, além da antiga governante, de acordo com o Gabinete Central de Combate à Corrupção, subordinado à Procuradoria-Geral da República (PGR) de Moçambique, as autoridades moçambicanas detiveram uma segunda pessoa – não identificada na informação -, arguida no mesmo processo.

“Os mesmos serão, brevemente, apresentados ao juiz da instrução criminal para legalização”, refere o Gabinete Central de Combate à Corrupção, que acrescenta que a detenção foi feita à luz de uma ordem do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo.

Taipo foi detida após ser ouvida no início da tarde pelo Gabinete Central de Combate à Corrupção e levada para um estabelecimento penitenciário da capital moçambicana.

A detenção de Helena Taipo acontece 20 dias depois da sua exoneração do cargo de embaixadora extraordinária e plenipotenciária de Moçambique em Angola.Helena Taipo é suspeita de ter recebido subornos de 100 milhões de meticais para favorecer empresas de construção civil e do setor gráfico em contratos com a Segurança Social.