Aumenta para 280 o número de vítimas do ciclone Idai em Moçambique

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Em Moçambique, o ministro da Terra e do Ambiente, Celso Correia, adiantou nesta sexta-veira, 22, à Rádio Moçambique que o número de vítimas devido à passagem do ciclone Idai supera as 280, mas fontes no local dizem que o número será bem maior.

No Zimbabwe, a ministra da Defesa, Oppah Muchinguri, bez um balanço da situação e confirmou foram já conbatilizados 269 mortos, entre eles 120 corpos que foram levados pelas águas de Moçambique para o país.

No Malawi, mantém-se o número de 56 mortos.

Seguro de calamidades

Entretanto, o Presidente Filipe Nyusi anunciou hoje a criação de um seguro para a gestão de calamidades no país, que está a ser negociado com o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD).

“Estamos a terminar os detalhes com o BAD e poderemos também, caso se mostre necessário, accionar outros parceiros para reforçar” disse Nyusi à margem do lançamento da primeira pedra para a construção de um projecto imobiliário na província do Maputo.

O seguro, segundo Nyusi, será um instrumento a ser accionado em casos de ocorrência de calamidades com ou sem magnitude semelhante à que se regista na cidade da Beira.

VOA