Ultimate magazine theme for WordPress.

Investigadores revelam o dia em que morrem mais pessoas no mundo inteiro

Apesar da maioria das pessoas passar o primeiro dia do ano de ressaca ou a dormir até mais tarde, uma pesquisa norte-americana explica que este é sem dúvida alguma o dia mais perigoso do ano.

Um estudo conduzido por investigadores da Universidade da Califórnia coletou dados ao longo de várias décadas e apurou que a taxa de mortalidade sobe a pique nas duas semanas que englobam os períodos do Natal e do Ano Novo.

No geral a pesquisa concluiu que o dia no qual as pessoas têm uma maior propensão de morrerem de causas naturais é sem dúvida alguma o dia 1 de janeiro.

Para efeitos daquela pesquisa, os investigadores examinaram as certidões de óbito decretadas nos Estados Unidos e no Reino Unido, durante 25 anos.

Inúmeros estudos já haviam determinado que se regista um aumento do número de mortes nesta altura do ano devido a suicídios, acidentes e homicídios, mas nenhum havia até agora investigado se o mesmo ocorria com mortes de causas naturais.

Causas naturais englobam óbitos devido a doenças e velhice.

Como tal, os autores investigaram e detetaram uma tendência significativa – com o valor 5% superior de indivíduos a morrerem no dia 1 de janeiro como consequência de causas naturais, comparativamente a qualquer outra data.

Apesar deste facto ter sido facilmente detetado através dos dados apurados, as razões por que tal acontece continuam a ser desconhecidas.

“O padrão ocorre em qualquer tipo de causa de morte natural”, explicou um dos autores da pesquisa, David Phillips, ao jornal Washington Post.

“É difícil entender o motivo, temos agora o intuito de conduzirmos pesquisas subsequentes para desvendar este mistério”.

(Noticias ao minuto)