X

Renamo diz que apesar das indicações definitivas na Defesa faltam ainda 11 oficiais

A Renamo diz que apesar das nomeações definitivas dos seus oficiais no Ministério da Defesa, o Governo não se deve esquecer que há ainda 11 oficiais a serem nomeados e espera que o processo seja célere.

Diz o partido, dirigido por Ossufo Momade, que o Executivo deve ter em conta que, apesar de agora ter feito essas nomeações, há indicações em falta no âmbito do memorando fechado entre o Presidente da República e a liderança da Renamo.

E porque esta segunda-feira membros do partido insurgiram-se contra algumas indicações de delegados provinciais, exigindo que tal seja feito por via de eleições, a Renamo diz que ainda haverá conferências, cujo objectivo será mesmo de eleger delegados.

O partido de Ossufo Momade lamenta, por outro lado, o facto de durante a envergadura de membros das Assembleias Autárquicas ter havido traições entre os seus membros, particularmente na Assembleia Autárquica da Matola.

O PAIS

Este site usa cookies