X

Supremo Tribunal Federal autoriza Lula a sair da prisão para ir ao velório do irmão

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o antigo presidente Lula da Silva a deixar a prisão onde se encontra, na sede da Polícia Federal em Curitiba, para comparecer ao funeral do irmão, Genivaldo Inácio da Silva, que morreu esta terça-feira.

A instância superior reverte, assim, a decisão inicial, do tribunal de Curitiba, que ratificava a decisão da Polícia Federal em não autorizar a saída do detido, por motivos logísticos.

O petista, recorde-se, está preso desde 7 de abril do ano passado, no âmbito da Operação Lava Jato, cumprindo uma pena de 12 anos e um mês de prisão por acusações de corrupção passiva e branqueamento de capitais.

Lula da Silva, que foi presidente do Brasil entre 2003 e 2010, poderá, assim, deslocar-se até à cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, onde serão realizadas as cerimónias fúnebres.

Genival Inácio da Silva tinha 79 anos e lutava contra um tipo de cancro raro que afetou os vasos sanguíneos. ‘Vavá’, como era conhecido, estava internado num hospital de São Paulo.

Este site usa cookies