Ultimate magazine theme for WordPress.

Angola recebe maior empréstimo do FMI concedido a um país africano

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concedeu a Angola um empréstimo de 3,7 milhões de dólares, trata-se do maior empréstimo concedido a um país africano a sul do Saara.

A directora-geral do FMI, Christine Lagarde, disse que o empréstimo é para apoiar as reformas em curso em Angola, com destaque para consolidação fiscal e estabilidade macroeconómica.

A visita de Christine Lagarde, a Angola acontece duas semanas depois de o Conselho Executivo do FMI ter aprovado, em Washington, a Facilidade Alargada de Crédito, no valor de 3,7 mil milhões de dólares, para apoiar as reformas económicas em curso em Angola.

Este pedido de ajuda financeira surge depois do acordo negociado pelo governo angolano em 2008, que culminou, em 2009, com a assinatura do acordo de assistência financeira no valor de 1,4 mil milhões de dólares, para solucionar desequilíbrios da balança de pagamento, resultantes da crise económica e financeira do país.

O Presidente de Angola, José Lourenço, disse, por seu turno, que o empréstimo concedido pelo FMI ajuda a credibilizar as reformas em curso no país.
“Embora as reformas sejam reais, careciam da chancela de uma instituição financeira internacional credível”, disse Lourenço citado pela agência noticiosa Angop, escreve o Macauhub

João Lourenço adiantou que com o empréstimo do FMI o programa do governo fica mais credibilizado e poderá atrair mais investidores.

O PAIS