Moznews.co.mz

Filipe Nyusi quer exploração sustentável de recursos naturais

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, defendeu hoje, na Noruega, uma exploração sustentável dos recursos naturais, considerando que a indústria extrativa deve beneficiar a nação moçambicana.

“Recusamo-nos ser um país conhecido como um país com muitos recursos apenas, queremos ser um país que cresce e se desenvolva de forma endógena e sustentável, fazendo pleno aproveitamento dos seus recursos naturais”, disse Filipe Nyusi, citado hoje pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

O chefe de Estado moçambicano falava durante a abertura do Fórum de negócios Noruega-Moçambique, um encontro que reuniu empresários moçambicanos e noruegueses e membros dos governos dos dois países em Oslo, no âmbito de uma visita oficial que o Presidente realiza ao país nórdico.

Entre os principais desafios de Moçambique, Nyusi destacou a transformação dos recursos minerais em riquezas para os moçambicanos e, para que o país atinja este patamar, a experiência da Noruega neste processo é fundamental.

“Pretendemos aprender um pouco mais a experiência (norueguesa) de inclusão económica. Queremos também ser um país que possui riqueza, mas sobretudo um país que melhor uso faz desses recursos”, acrescentou o chefe de Estado moçambicano.

Filipe Nyusi concluiu garantindo aos empresários noruegueses que Moçambique é um mercado seguro para investimento.

“As coisas estão a acontecer em Moçambique. O mercado moçambicano é seguro. Hoje, Moçambique é um país seguro para investimento em África”, afirmou o Presidente moçambicano.

LUSA