Moznews.co.mz

Detidos três funcionários em Maputo por roubar mais de 100 mil comprimidos e outros fármacos

Os indiciados por roubo de mais de 100 mil comprimidos e outros fármacos, no armazém de depósito de medicamentos da província de Maputo, são funcionários da direcção de saúde.Segundo informa jornal O PAIS

As detenções foram feitas na sequência das denúncias feitas pela população. A Polícia diz que o roubo aconteceu por volta das 14h00 do último sábado, quando três indiciados com idades entre 32 e 44 anos recorreram a chaves falsas para materializar o plano que vinha sendo preparado há mais de duas semanas.

De acordo com O PAIS, o segurança, o arrumador do depósito e o digitador de dados confirmam a participação no roubo, que não acontece pela primeira vez. “Copiamos a chave e alugamos o transporte para colocar os medicamentos. Já vendemos os rolos a seis mil meticais, os medicamentos ainda não foram vendidos”, afirmou o segurança do depósito.

O Porta-voz da PRM na província de Maputo disse que o caso está a seguir os trâmites legais junto das instituições da justiça.