Moznews.co.mz

Líder interino da Renamo “Ossufo Momade” não deverá votar

O líder interino da Renamo não deverá votar nas eleições autárquicas de hoje, disse à Lusa fonte daquela força política.

O coordenador da comissão política, Ossufo Momade, permanece na Serra da Gorongosa, centro do país.

Momade habita desde Junho na mesma base onde se refugiu, de finais de 2015 até morrer, a 03 de maio, o presidente da Renamo, Afonso Dhlakama, alegando razões de segurança.
O actual líder justificou a escolha dizendo que é o local ideal para coordenar as actividades do partido, com forte implantação na região.

Um total de 3.910.712 eleitores escolhem hoje os presidentes dos 53 conselhos autárquicos e respectivos membros das assembleias municipais, para as quintas eleições autárquicas na história do país.
A Renamo regressa à votação depois de ter boicotado as eleições para os municípios em 2013, em discordância com a lei eleitoral e os órgãos eleitorais que essa legislação criou.

LUSA