Moznews.co.mz

Encontrei Lionel Messi sozinho e a chorar como um criança que perdeu a mãe

A imagem correu mundo em 2016: Messi, em pleno relvado, desolado após ter perdido a final da Copa América frente ao Chile, uma derrota que fez com que chegasse a renunciar à albiceleste durante alguns meses.

Agora, passados dois anos, Elvio Paolorosso, preparador físico do selecionador da altura, Gerardo Martino, em declarações divulgadas pelo portal espanhol Marca, descreveu o momento que o craque do Barcelona viveu nas horas seguintes ao encontro que foi resolvido nos penáltis.

«Às 2 da manhã, mais ou menos, encontrei o Leo sozinho e a chorar como um criança que perdeu a mãe», sublinhou Paolorrosso, antes de acrescentar: «Estava deitado, sem ninguém capaz de consolá-lo. Eu abracei-o e choramingámos os dois.»