Moznews.co.mz

Partido MDM reclama de exclusão de jovens na governação

Os municípios da Matola e Maputo acolheram, no sábado, marchas de jovens do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), no âmbito da celebração do Dia Internacional da Juventude, efeméride que se assinala este domingo.

Os jovens percorreram algumas artérias, enquanto entoavam canções de exaltação do partido e do seu presidente, Daviz Simango. Na ocasião, os participantes destacaram a importância da juventude para o desenvolvimento do país e denunciaram alegada exclusão dos jovens em relação aos benefícios que o país tem sobretudo no que toca a exploração de recursos minerais. Para reverter a alegada exclusão, outros participantes defendem necessidade de os jovens serem mais proactivos e criarem alternativas de governação.

“Os jovens estão a ser esquecidos apesar de serem importantes para o país. Esperamos que os jovens encontrem, no MDM, uma alternativa de governação para que juntos possamos mudar o actual cenário de exclusão”, disse Silvério Ronguane, que é o cabeça-de-lista pelo MDM às eleições autárquicas para o município da Matola.

As marchas desembocaram nas delegações do MDM nas cidade de Matola e Maputo, locais onde decorreram palestras de sensibilização dos militantes jovens a participarem activamente em todo processo de eleições autárquicas marcadas para 10 de Outubro.

Jornal OPAIS