Moznews.co.mz

Há mulheres que compram terrenos sem o conhecimento do marido

Persistem os momentos de aperto no país. As famílias desdobram-se em busca de soluções, para manter o mínimo necessário para o seu sustento. Homens e mulheres suam as estopinhas para colocar o pão à mesa, no entanto, em alguns casos, há quem entenda que esta missão é apenas do homem.

Entretanto, vovó Olinda Macie, de 60 anos, residente em Marracuene, Maputo em conversa com o domingo, rebate este posicionamento. Para ela, a mulher deve ajudar a pagar as despesas do lar, afinal, “a casa é também dela. Não é justo empurrá-las apenas para o homem”. Segundo observou, vivemos uma era adversa, “em todos os sentidos. O comportamento das mulheres mudou: a roupa que usam é vergonhosa. É curta e transparente. A meia-saia já não existe para elas. Algumas estão no lar mas, mesmo assim, têm dois ou três homens fora do casamento. Outras não colaboram em casa, mas compram terrenos e constroem sem o conhecimento do marido. Quando acham que elenão tem mais serventia, largam-no e vão viver nessas casas construídas às escondidas”, disse vovó Olinda ao domingo.

Por:Jornaldomingo