Pastor detido por fotografar por baixo da saia de paroquiana

Brian Kenyon, de 31 anos, era pastor de uma igreja de Deltona, na Flórida, mas deixou de o ser depois de ter sido detido por voyeurismo.

Conforme noticia o Daily Mail, Brian aproveitou o momento em que uma paroquiana se inclinou, para colocar o filho no interior da viatura, para fotografar por baixo do vestido da mulher.

A situação remonta a abril, mas o homem só foi detido esta quinta-feira.

A vítima, de 41 anos, contou que se inclinou para sentar o filho na cadeirinha quando sentiu algo tocar-lhe nas pernas. Quando se virou para trás viu o pastor a tirar fotografias com o telemóvel e confrontou-o com o sucedido.

Num primeiro momento, Bryan negou as suas intenções, garantindo que só queria fotografar a criança. Mas posteriormente, o pastor acabou por confessar às autoridades ter um “problema com pornografia”.

Bryan foi detido esta quinta-feira e libertado após pagar uma fiança de mais de 2 mil euros, tendo sido também expulso da congregação a que pertencia, a Igreja de Cristo de Deltona.

Noticias ao minuto