Moznews.co.mz

PRM não tem conhecimento sobre os ataques em Cabo Delgado

O porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Inácio Dina, diz que não tem nenhuma informação sobre os ataques a duas aldeias, no distrito de Palma que culminaram com a morte de quatro pessoas, em Cabo Delegado.

É assim como o porta-voz do Comando-Geral da PRM reagiu aos mais recentes ataques no norte de Moçambique, em Cabo Delgado, durante a habitual conferência de imprensa, nesta terça-feira, em Maputo.

As imagens de pessoas decepadas, casas e viaturas em cinzas começaram a circular no último fim-de-semana, dia 07 de Julho, nas medias sociais, mas, Dina diz que a Polícia não tem registo de nenhum ataque no distrito de Palma.

O porta-voz diz que toda a informação posta a circular é da responsabilidade da comunicação social e avança que a situação em Cabo Delgado está a ser controlada.

Os ataques no norte de Moçambique, em Cabo Delgado começaram em Outubro de 2017, na vila da Mocímboa da Praia, tendo mais tarde se alastrado para os distritos de Macomia, Palma e Quissanga.

Por:OPAIS