Ultimate magazine theme for WordPress.

Desrespeito é porta de entrada para traição diz Vovó Albertina Tembe

vovó Albertina Tembe, 64 anos, residente em KaTembe

O dia-a-dia dos casais não tem sido nada fácil. As traições, de ambas as partes, têm levado a separações, o que traz consequências penosas, principalmente quando existem crianças na relação. Em conversa com o jornal domingo, vovó Albertina Tembe começa por dizer que o grande vilão dos lares é a falta de respeito. “Quando as pessoas não se respeitam, muita coisa não corre bem. Tanto o homem como a mulher encontram formas de desabafar fora do casamento ou da relação, por isso traem”.

Entretanto, de forma especial, alerta a todas as mulheres a basearem-se nos ensinamentos dos mais velhos para vencerem as batalhas dentro do lar. É que, a seu ver, “as nossas filhas acham que esses ensinamentos estão ultrapassados. E não gostam das cunhadas e/ou da família do marido; algumas dizem que ‘não babam’ (não se rebaixam). É complicado”, considera a vovó.

Entretanto, quando a traição bate à porta, a solução é: “juntar a família e resolver o problema”. Mas, para a idosa, tudo será em vão se prevalecer o desrespeito.

Fonte:jornal domingo

Loading...