Moznews.co.mz

A pobreza em Nampula leva muitas crianças a trocarem a escola por trabalho

“É lamentável que algumas pessoas bem posicionadas usem as crianças para carregar as suas sacolas nos mercados”, diz o activista Manuel Conta.

A pobreza em Nampula leva muitas crianças a trocarem a escola por trabalho, diz o activista Manuel Conta, que defende a criação de mais programas para inverter a situação.

“O comércio informal e a agricultura ocupam muitas crianças, e é lamentável que algumas pessoas bem posicionadas usem as crianças para carregar as suas sacolas nos mercados”, diz conta .

Este activista dos direitos da criança defende que os pais devem ser educados no sentido de perceber que a educação formal é melhor a via para atingir a autosuficiência.

Conta faz estas declarações numa altura em que a primeira-dama de Moçambique, Isaura Nyusi, visita Nampula, para, entre outros assuntos, tratar assuntos relacionados com as crianças.

No distrito de Muecate, Isaura Nyusi disse que os pais e encarregados de educação deverão garantir a retenção das crianças nas escolas para que Moçambique reduza o analfabetismo, que ultrapassa 40 por cento.

O governo de Moçambique quer reduzir em 30% o índice de analfabetismo no até 2020.

Nyusi disse também que está preocupada com casamentos prematuros em Nampula, onde as taxas são as mais altas de Moçambique.

Por:VOA