Moçambique: Suspensão de dispensas não entra em vigor este ano

O encontro entre a Comissão do Ministério da Educação e os representantes dos alunos que participaram na manifestação de hoje durou cerca de uma hora. No final, o acordo veio pela voz dos protestantes.

A decisão de suspensão das dispensas do ensino secundário não vai entrar em vigor este ano. O sector da educação diz que vai mais uma vez reunir-se com os alunos para, além de ouvir suas posições, explicar como o processo de implementação da medida vai acontecer.

Por agora, continua em vigor o regulamento aprovado em 2015, pelo ministério então dirigido por Jorge Ferrão, segundo o qual além de terem direito a dispensa os alunos tinham que realizar apenas quatro exames.

OPAIS