Moçambique paga dívida a Rússia

Moçambique já saldou 90 por cento da dívida com a Rússia, contraída no contexto da antiga União Soviética, para a compra de armamento e outras utilidades, faltando apenas 10 por cento, equivalente a 140 milhões de dólares.

Este facto foi anunciado pelo embaixador da Rússia em Maputo, Alexander Surikov, falando a jornalistas por ocasião do dia do diplomata daquele país europeu.

“A dívida era muito grande, mas 90 por cento foi perdoada”, elucidou, sublinhando que mesmo os restantes 10 por cento são aplicados em programas de desenvolvimento dentro de Moçambique.




Surikov reconheceu que o nível dos dois países hoje em dia “não estão bem” comparativamente ao passado, no período da extinta União Soviética, vulgo URSS.

A União Soviética apoiou Moçambique desde a luta de libertação nacional, e formou militares da FRELIMO. Esse apoio continuou depois da independência nacional nas áreas econômicas e sociais