O Teu portal online

Mulher que se transforma em Hiena acusada de criar Pânico na província de Inhambane

55

Rucai Jafari de 75 de idade é acusada de se transformar em hiena e provocar pânico a calada da noite.

Há dois meses que Jafari está na boca dos moradores e é procurada no Bairro Malalane 1, subúrbios da cidade de Maxixe, na província de Inhambane.

Os moradores deste bairro dizem que, acompanhada por cães, a suposta hiena anda a roubar comida nas casas.

Rucai Jafari diz não ter fugido do bairro e nega que se transformar em hiena. Jafari diz ainda que a associação dos médicos tradicionais deve encontrar a verdadeira pessoa que transforma-se em hiena e deixar de manchar a sua imagem.




A mulher diz estar a ser vítima de chantagem e perseguição protagonizado por secretário do bairro que também é o presidente da Associação dos Médicos Tradicionais (AMETRAMO), em Inhambane.

A família da acusada está revoltada com a AMETRAMO e os acusadores, pela suposta difamação e calunia.

Um dos filhos diz que vai mover um processo judicial , com vista a resgatar a imagem da sua mãe.

Assista ao vídeo abaixo.

CASO ”MULHER HIENA”

CASO ”MULHER HIENA”A ACUSADA DIZ ESTAR A SER VÍTIMA DE CHANTAGEMRucai Jafari de sessenta e cinco anos de idade é acusada de se transformar em hiena e provocar pânico a calada da noite. Há dois meses que Jafari está na boca dos moradores e é procurada no Bairro Malalane 1, subúrbios da cidade de Maxixe, na província de Inhambane.Os moradores deste bairro dizem que, acompanhada por cães, a suposta hiena anda a roubar comida nas casas.Rucai Jafari diz não ter fugido do bairro e nega categoricamente não se transformar em hiena. Jafari diz ainda que a associação dos médicos tradicionais deve encontrar a verdadeira pessoa que transforma-se em hiena e deixar de manchar a sua imagem.A mulher diz estar a ser vítima de chantagem e perseguição serradas pelo secretário do bairro que também é o presidente da Associação dos Médicos Tradicionais (AMETRAMO), em Inhambane.A família da acusada está de costas voltadas com a AMETRAMO e os acusadores, pela suposta difamação e calunia. Um dos filhos diz mesmo que vai mover um processo-crime junto a máquina da justiça, com vista a resgatar a imagem da sua mãe.De referir que o posicionamento do filho da acusada abre uma outra página desta historia baseada em crença supersticiosa, ou seja, ainda vai “fazer correr muita tinta”.

Posted by A REPÚBLICA on Tuesday, December 5, 2017

Portalmonews

Loading...

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.