O Teu portal online

Moçambique: IACM abre rotas domésticas para companhias aéreas do Malawi e Etiópia

74

Ethiopian Airlines e a Malawi Airlines apuradas para fazer exploração das rotas domésticas de transporte aéreo em Moçambique

A Ethiopian Airlines e a Malawi Airlines acabam de ser apuradas para fazer a exploração das rotas domésticas de transporte aéreo em Moçambique.




As duas companhias fazem parte de um total de Sete empresas, entre nacionais e estrangeiras, apuradas para a exploração de rotas domésticas de aviação.

Para além das duas companhias internacionais, foram apuradas as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), a Moçambique Expresso (MEX SARL), CFM Transportes Aéreo, Transportes e Trabalho Aéreo (TTA) e a Solenta Aviation Mozambique SA.

As sete empresas têm a partir de agora 180 dias para operacionalizar as rotas. Refira-se que é a primeira vez na história do país, que companhias estrangeiras entram para explorar as rotas domésticas.

Rotas internacionais
Para as rotas internacionais, o concurso apurou quatro companhias, nomeadamente, a LAM, MEX, TTA, CFM, que faziam parte de um total de cinco empresas concorrentes.

De acordo com o Presidente do Conselho de Administração do Instituto Nacional de Aviação Civil (IACM), Comandante João de Abreu, a expectativa era que mais empresas tivessem concorrido, mas admitiu que, contra as expectativas, a procura foi baixa, tendo em conta que o número de rotas existentes são imensas.

Ainda assim, Abreu garantiu que as companhias apuradas são as que têm maior “musculatura” para operar no mercado.

O PAIS

Loading…

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.