O Teu portal online

Coreia do Sul “ajoelha-se” ao governo Norte-coreano

loading...

134

A Coreia do Sul propôs nesta segunda-feira (17) a retomada do diálogo com o norte para amenizar as tensões na península coreana, depois do lançamento de um míssil intercontinental por Pyongyang, no dia 4 de julho, Dia da Independência americana. O teste provocou a ira do governo norte-americano, que renovou suas ameaças de ataque ao regime.



A Coreia do Norte ainda não deu sua resposta. A reunião pode acontecer nesta sexta-feira (21).Se a reunião do governo for realizada, será o primeiro diálogo oficial entre as duas Coreias desde Dezembro de 2015.

A Cruz Vermelha também propôs, no dia 1° de agosto, um encontro para relançar as reuniões entre as famílias separadas pela guerra nos anos 50.

Milhões de famílias foram separadas pelo conflito que levou à divisão da península em duas Coreias.



Muitos morreram sem ver seus parentes do outro lado da fronteira fortemente vigiada, através da qual toda a comunicação civil é proibida.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.