Loading...
O Teu portal online

Novo fenómeno em Moçambique,rapto de pessoas calvas para feitiçaria.MZ

218

Um novo fenómeno de rapto de pessoas calvas para tráfico de parte dos seus órgãos, supostamente para fins satânicos, esta a preocupar a polícia da província moçambicana da Zambézia, que iniciou uma série de operações para impedir a prática.







A Polícia da República de Moçambique (PRM) confirmou à VOA nesta segunda-feira, 22, o registo de pelo menos dois casos de rapto de pessoas calvas – carecas hereditárias, tradicionalmente tidas como sinónimo de riqueza – que ocorreram nos distritos de Milange, enquanto investiga outros casos.

“Há raptos e assassinos de pessoas com calvinismo. A partir do caso que conseguimos esclarecer, é mais para efeitos superstição, à semelhança do que faziam com pessoas albinas”, explicou Miguel Caetano, porta-voz da PRM na Zambezia.

Caetano disse que uma homem está detido por ter assassinado uma pessoa calva para extrair parte dos órgãos naquele distrito, enquanto decorre a investigação do caso para encontrar os mandantes do crime.




“Detivemos um autor material, mas ainda estamos a trabalhar na investigação para deter o mandante. Estamos a seguir pistas de indivíduos da Tanzânia e do Malawi (tidos como maiores compradores dos órgãos)”, precisou Miguel Caetano, adiantando que a Polícia já tem informações cruciais sobre o novo fenómeno.

A nova onda de rapto de pessoas calvas surge alguns meses após abrandar a “chacina” de pessoas portadoras de albinismo em Moçambique, cujo número de rapto e perseguição caiu significativamente, apesar de continuar a preocupação com a sua segurança.

VOA




Loading...

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.