A Indústria em Moçambique

373

Características gerais
• De uma forma geral, a indústria Moçambicana é muito subdesenvolvida;
• É uma indústria fundamentalmente manufactureira e dedica-se às actividades de extracção e transformação de alguns recursos minerais e energéticos;




• É uma indústria ainda de poucos investimentos, de pouca investigação, de tecnologia simples e rudimentar;
• Os principais tipos de indústrias localizam-se nas grandes cidades e centros urbanos.
• Os principais tipos de indústria são a extractiva e a transformadora.
Os factores da localização da indústria
1. Factores naturais
• Existência de fontes de energia (petróleo, gás natural, carvão, electricidade e outras fontes alternativas)
• Existência de matéria-prima
• Abundância de água

2. Factores socio-económicos
• Disponibilidade financeira (capital)
• Existência de mão-de-obra qualificada e em quantidade
• Existência de mercado de consumidores
• Existência de transportes e vias de comunicação
• Conhecimentos científicos

NB: Actualmente a indústria localiza-se perto dos centros de investigação ou universidades.
Indústria é uma actividade económica que se dedica na transformação de matéria-prima em produtos elaborados ou semi-elaborados por meios mecânicos ou por um certo trabalho.
1. Indústria Extractiva – dedica-se a exploração de recursos minerais (naturais) e produtos energéticos. Por exemplo: a mineração e exploração de madeira.





Indústrias extractivas e a sua localização geográfica:
• • Carvão – Tete, Manica e Niassa
• • Bentonite – Maputo
• • Cobre – Tete e Manica
• • Bauxite – Manica, Tete, Zambézia e Niassa
• • Mármore – Cabo Delgado
• • Grafite – Cabo Delgado e Tete
• • Granito e saibro – todas as províncias
• • Sal – no litoral
• • Asbestos – Manica, Zambézia e Tete
• • Areias pesadas – Gaza e Nampula
• • Gás natural – Inhambane (Pande e Temane) e Sofala (Búzi)
• • Feldspato – Zambézia, Manica, Tete e Nampula
• • Tântalo – Zambézia, Tete, Manica e Sofala
• • Petróleo – Bacia de Rovuma e Zambeze
• • Columbite, berilo, pedras preciosas e caulino – Niassa, Manica, Tete, Zambézia e Nampula
• • Mica – Sofala, Zambézia, Manica, Tete e Nampula

2. Indústria transformadora – é uma actividade que utilizando a matéria-prima bruta ou produtos semi-elaborados procede a sua transformação e fabricação de produtos elaborados.
Por exemplo: o fabrico de automóveis, de vestuário, de calçado, etc.
A indústria transformadora divide-se em:
– Indústria ligeira (indústria de bens de uso e consumo)
– Indústria pesada (base e equipamento)




2.1 – Indústria ligeira (de bens de uso e consumo)
Transforma a matéria-prima bruta ou semi-elaborada em produtos acabados para o uso directo da população. Por exemplo: a indústria alimentar, de bebidas, mobiliária, calçado etc.

Distribuição da indústria ligeira em Moçambique
• • Indústria de açúcar – Maputo e Sofala
• • Indústria alimentar e de bebidas – em todas as províncias, excepto.
• • Indústria de calçado e outros artigos de vestuário – Maputo, Sofala, Manica e Zambézia.
• • Indústria tabaqueira – Maputo, Sofala e Tete.
• • Indústria de descaroçamento de algodão e desfibramento de sisal – Sofala, Cabo Delgado, Niassa e Inhambane.

A paisagem indústria de Moçambique localiza-se em: Maputo-cidade, Matola, Beira e Nampula.

2.2 – Indústria pesada ou de base e equipamento
É aquela que trata grandes quantidades de produtos brutos para transformação em produtos semi-elaborados de mais alto valor por unidade de peso, esses produtos não são de utilização final nem directa da população em geral.
No entanto, são utilizados por indústria e serviços. Por exemplo: a indústria siderúrgica, de produção de cimento, do metalúrgica, de produção de cimento, do material ferroviário, de máquinas agrícolas, etc.
Esta indústria também designada por indústria de base e equipamentos. Este tipo de indústria requer o seguinte:
• Avultados investimentos
• Grande consumo de energia
• Volumosas instalações
• Ocupação de grandes espaços.

Distribuição da indústria pesada em Moçambique
• • Indústria de produtos minerais não metálicos – províncias de Maputo, Sofala, Nampula e Zambézia.
• • Indústrias químicas – província de Maputo, Sofala e Tete.
• • Indústrias metalúrgicas de base – província de Maputo.
• • Indústrias de materiais de construção – Cabo Delgado, Zambézia, Nampula, Niassa e Maputo.
• • Indústrias de construção de meios de transporte – Maputo, Sofala, Tete e Nampula.
• • Indústrias de pesca – Maputo, Inhambane, Sofala e Nampula




A importância da indústria para economia
• Fonte de emprego
• Fonte de aquisição de divisas na exploração
• Processamento de matéria-prima para exploração
• Produção de bens de uso e consumo.

As causas que explicam o fraco desenvolvimento industrial em Moçambique
• • Predomínio da exploração agrícola;
• • Fraca rede de vias de comunicação;
• • Forte dependência de capitais estrangeiros;
• • Tecnologia de fraca modernização;
• • Mão-de-obra pouco especializada;
• • Reduzida capacidade de poder de compra;
• • Carência em muitas áreas de recursos energéticos.



Por Hermenegildo Nassone Manhica

você pode gostar também Mais do autor

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.