Um homem foi acusado de violação por fazer sexo sem proteção

2

Um homem foi acusado de violação por ter mantido relações sexuais sem preservativo com uma mulher com quem havia saído num encontro romântico.

Mulher alegou que se soubesse que o homem não usava proteção não teria consentido o ato.




A decisão foi tomada por um tribunal de Lausanne, na Suécia, sob a alegação de que o não uso de proteção, quando a mesma é esperada, constitui crime de violação.

O homem foi condenado a 12 meses de pena suspensa, revela o Metro UK.




O homem, um francês de 47 anos, terá conhecido a mulher, sueca, através do Tinder. No seu segundo encontro, na casa da mulher, os dois ter-se-ão envolvido sexualmente, tendo o homem, a meio do ato, retirado o preservativo. A mulher só se apercebeu disso no fim.

Em tribunal, a mulher disse que não teria consentido a relação sexual se estivesse ciente do que se estava a passar.

Esta é a primeira vez que a lei sueca toma uma decisão destas.

Fonte:Noticias ao minuto




você pode gostar também Mais do autor

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.