Teme-se que assalto a Kim Kardashian prejudique turismo francês

1

Polícia acredita que roubo possa ter sido motivado pelas fotografias que a socialite partilha nas redes sociais

Em França, surgem receios de que o assalto a Kim Kardashian, na passada madrugada, num hotel em Paris, possa prejudicar o turismo.




A tese de que haverá repercussões negativas para aquele setor da economia foi defendida por uma deputada francesa. “Podemos fazer toda a publicidade possível para atrair turistas para Paris, mas tal acaba por ser brutalmente anulado com o caso de Kardashian”, afirmou Nathalie Kosciusko-Morizet, candidata às primárias do partido Les Républicains, citada pela BBC.

A presidente da Câmara da capital faz questão, contudo, de salvaguardar que se tratou de um “ato raríssimo, num local privado, que não coloca em acusa o trabalho da polícia e a segurança no espaço público parisiense”.

“Utilizar o caso para polémicas é prejudicar o setor do turismo e os 500 mil empregos que este representa na região”, acrescentou Anne Hidalgo.

Da parte da polícia há a convicção de que o assalto à celebridade norte-americana possa ter sido impulsionado pelas fotografias ostentadoras de riqueza que esta partilha nas redes sociais.

“É uma estrela famosa em todo o mundo. As suas posses haviam sido vistas nas redes sociais e foram esses os alvos do assalto”, atirou a porta-voz da polícia de Paris, Johanna Primevert.

Fonte:Noticias ao Minuto

você pode gostar também Mais do autor

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.