Escola norte-americana substituiu castigos por meditação

1

Desde que adotou este método, há cerca de um ano, a escola primária em Baltimore teve zero suspensões.

A escola primária Robert W. Coleman, em Baltimore, nos Estados Unidos, decidiu substituir os castigos pela “meditação silenciosa”.




Desde então a relação entre os alunos tem melhorado e a taxa de suspensões caiu para zero, como reporta o site Bustle.

Quando os alunos desta escola se portam mal, em vez de irem para a sala do diretor ou para um castigo, são convidados a ir para a ‘Mindful Moment Room’, uma sala com tapetes de yoga e almofadas onde fazem exercícios de respiração, refletem sobre o seu comportamento e aprendem a eliminar o stress e a raiva através da meditação e da prática de mindfulness.

Este projeto foi implementado na escola em parceria com a organização sem fins lucrativos ‘Holistic Life Foundation’, uma organização sem fins lucrativos fundada em 2001 e que promove o bem-estar entre crianças e adultos carenciados.




A escola inclui ainda o programa extra-curricular ‘Holistic Me’, no qual os estudantes aprendem mais sobre o yoga e a prática mindfulness. Kirk Philips, coordenador deste programa disse ao site Upworthy: “Ninguém imaginaria que as crianças pequenas iriam meditar em silêncio. Mas elas fazem-no”.

Fonte:Noticias ao Minuto

você pode gostar também Mais do autor

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.